quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

MOVIMENTAÇÃO DE PASSAGEIROS NO TERMINAL MARÍTIMO DE SANTOS – TEMPORADA 2012\2013

A temporada de cruzeiros 2012/2013 teve início no dia 9 de novembro, estreando com o transatlântico Aidacara, de bandeira alemã. Esse foi o primeiro dos 21 navios de passageiros que vão escalar no Porto nesta estação, que vai até 22 de abril do próximo ano, com 212 escalas realizadas em 105 dias de operação. Houve uma redução no número de escalas se comparado à temporada 2011/2012, onde foram realizadas 273 escalas, por 23 embarcações. A previsão é que essa temporada traga mais de 1,1 milhão de passageiros à região, número similar à anterior. 


Um número menor de navios virá nesse período, mas os novos que aportarão na cidade de Santos, possuem capacidade muito superior de hospedagem, dessa forma a movimentação de turistas será equiparada a 2011/2012. Portanto, o diferencial dessa estação serão as embarcações de grande porte e o prolongamento dos roteiros. 

As datas com maior movimento serão as do embarque e da volta do Carnaval, em 9 e 16 de fevereiro, quando 8 e sete navios estarão no Porto, respectivamente.



Em datas com grande volume de passageiros, com quatro ou mais navios atracados simultaneamente, ocorrerão algumas mudanças. Nessas ocasiões, há aumento no efetivo da Guarda Portuária, da Polícia Federal e da Alfândega. A intenção é sempre evitar congestionamentos no entorno do terminal, garantir a segurança e coibir a entrada de ilícitos nos navios. 

Nos últimos anos a representatividade do Brasil no mercado mundial de cruzeiros marítimos esteve em constante crescimento, hoje se encontrando atrás apenas de países como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e Itália.


Porém, esse setor sinaliza um encolhimento. Segundo informação da Associação de Cruzeiros marítimos (Abremar), esta temporada tem oferta de pacotes 15% menor, comparada aos números registrados no verão de 2011/2012. Dos quase 894 mil leitos disponíveis no período passado, desta vez as armadoras e operadoras que mantém navios em roteiros nacionais devem transportar 762 mil passageiros. E é justamente entre os navios estreantes que estão as maiores ofertas de leitos nos cruzeiros. O campeão de acomodações é o MSC Fantasia, com 3.274 leitos; em 16 viagens vai transportar 52.384 passageiros. Já o MSC Magnifica, apesar dos 2.550 leitos, tem programadas 24 viagens, o que totaliza 61.200 turistas. 


O Brasil perde mercado para vizinhos na temporada de cruzeiros marítimos 2012/2013, após crescer nos últimos dez anos a uma média de 30% de forma orgânica e alcançar o 5º lugar no segmento em âmbito mundial. “Temos uma queda de 15% no movimento, ao mesmo tempo, Buenos Aires teve crescimento de 15% contando apenas as empresas associadas à Abremar, e 27% ao todo”, diz Ricardo Amaral, presidente da associação. 

A duração da temporada também diminuiu, serão apenas cinco meses de viagens tipicamente turísticas, em vez dos sete registrados antes. 

O motivo da diminuição na duração da temporada e dos navios se dá por questões como, dificuldades de infraestrutura, custo tributário alto e complexo. As companhias de cruzeiros passaram a considerar outros destinos para operar, como China, Austrália, Caribe e Argentina, países com menos burocracia e melhor infraestrutura. Portanto, é necessário que o governo brasileiro reavalie os pontos que devem ser aprimorados no setor de cruzeiros marítimos, devido principalmente a aproximação da Copa do Mundo de 2014 que ocorrerá no Brasil, e Santos como subsede, deve estar preparada para receber o grande número de turistas que virão para esse evento.





GRUPO VERMELHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!!!